sábado, 2 de junho de 2012

Curiosidades sobre Esquilos

Os Esquilos


Pertencem à ordem Rodentia, da família dos esciúridos. O seu corpo mede entre 19 e 24 centímetros e a cauda de 15 a 20. Trata-se de uma espécie não ameaçada.
O esquilo é uma espécie antiga. Foram encontrados restos fosseis entre os 20 e os 30 milhões de anos de idade. Hoje em dia, os esquilos habitam nos cinco continentes. Em Espanha podemos encontrar exemplares de duas espécies, o esquilo vermelho e o mouro. O esquilo vermelho é um animal muito sociável e simpático. É habitual ver em parques e jardins. Gosta muito da presença humana e pode aceitar alimentos das pessoas.
Quando vive nas florestas e não está acostumado às pessoas, foge ao menor ruído ou movimento. Uma vez a salvo, a sua curiosidade fará com que veja o que causou a sua fuga. Os esquilos são animais geralmente rápidos e ágeis. Isto é devidos às unhas que têm nos dedos, que permitem trepar as árvores rapidamente. Ao descer de uma árvore, sempre o fazem de cabeça para baixo. A mobilidade que tem nas suas patas da frente lhe permite segurar e descascar os alimentos com grande facilidade.
Os esquilosOs esquilos
O ninho que estes animais constroem é de muita importância. Geralmente têm mais do que um no seu território que tem por norma de 200 a 300 metros. Os machos delimitam estes territórios através de urina de outro tipo de marcas. O ninho principal é usado pela fêmea para dar à luz as suas crias e o resto para descansar, como esconderijo ou para armazenar alimentos. A água é um factor que condiciona a sua existência como espécie, pelo que necessita de viver perto de lugares com a presença contínua de água para que nunca tenham falta dela.
O esquilo é um animal activo durante todo o ano, pelo que não hiberna. Quando chegam os dias mais frios ou mais quente, ele diminui a sua actividade, escondendo-se nos seus ninhos. As primeiras horas da manhã e da tarde são as horas de mais actividade deste animal.

------------------------------------------------------------------------
Características do Esquilo

Características dos esquilosOs esquilos pertencem ao grupo dos roedores, o mais vasto dentro do grupo dos mamíferos e conta com mais de 500 espécies. Os esquilos são animais principalmente de costumes diurnas, excepto o esquilo voador que é nocturno, com muito bom ouvido, vista e olfacto. Pensa-se que distingue bastante bem as diferentes cores. Ao serem animais muito ágeis e activos necessitam de gaiolas grandes, com diferentes ramos e esconderijos para se poderem cobrir.
Em liberdade, vivem em tocas que escavam no chão. Nelas armazenam alimentos para o Inverno. Fazem dois ninhos, um leve no Verão e outro impermeável no Inverno. Alcançam a maturidade sexual antes de cumprir um ano e o seu período de reprodução se geralmente dá na Primavera. A sua esperança média de vida está entre os 8 e os 12 anos. O período de gestação dura um mês é tem por norma entre 3 a 5 crias.
Os esquilos estão mais propícios a serem domesticados se não tiverem outras acompanhantes na sua gaiola. Na altura de tentar ver algum tipo de problema, é um pouco difícil devido ao seu carácter inquieto. Quando mais conhecemos o nosso esquilo, mais facilmente saberemos se passa-se algo. Se o anima tem confiança em nós, será mais fácil que deixe verificar.
Os esquilos têm uma cauda peluda que utilizam para comunicar. A utilizam como sinal que adverte da presença de predadores assim como para assustar potenciais adversários. Também lhes serve para manter o equilíbrio quando salta de um galho para outro e nos voadores lhes serve também para amortecer qualquer queda como se de um pára-quedas se tratasse. Como todos os roedores, têm dois grandes dentes da frente. A suas patas dispõem de quatro dedos nos membros da frente e cinco nos de trás.
A alimentação dos esquilos se baseia em fruta, flores, bolotas, nozes e vários tipos de sementes que armazenam nas suas tocas para quando chegar o Inverno. Completam a sua dieta com insectos e aranhas. Para transportar esses alimentos de um lugar para o outro, eles o fazem usando as grandes bolsas que têm no focinho.
Apesar de parecerem animais simpáticos e graciosos, os esquilos não são especialmente recomendados como animais de estimação. Isto é devido aos seus dentes que podem crescer demasiado quando vivem em cativeiro, o que lhes pode causar a morte. Se eles se sentirem ameaçados, são capazes de morder e dessa forma podem transmitir doenças.

-------------------------------------------------------------
Domesticação de Esquilos

Domesticação de esquilosOs esquilos são animais roedores de aspecto muito simpático. Devido ao seu carácter ainda selvagem e silvestre não são muito carinhosos. O mais aconselhável é preparar uma gaiola grande e ampla cheia de ramos de árvores e colocar várias juntas para não ficarem soltos. Desta forma podemos observar como se relacionam uns com os outros.
Os esquilos que encontramos nas lojas de animais foram criadas em cativeiro pois os silvestres, aqueles dos nossos matos e florestas, estão protegidos e não se podem ter em casa. A raça mais comum é o esquilo Coreano.
Quando comprarmos o esquilo e este é jovem, podemos chegar a domesticá-lo. Podemos interagir com ele se formos cuidadosos com os nossos gestos. Podemos tirá-lo da sua gaiola para colocá-lo numa zona pequena sem móveis nem sítios aonde se esconder.
Os esquilos são muito ágeis e rápidos pelo que se não quiserem voltar a entrar na gaiola, será uma tarefa difícil apanhá-los. Devemos proteger as mãos com luvas pois se o agarrarmos mal eles nos podem morder.
Se o esquilo tem menos de um mês e a continuarmos a alimentá-lo com biberão, serão mais fácil que confie em nós. De qualquer das formas, recomenda-se que se adquira esquilos com mais de um mês de vida pois estes já estão fortes e saudáveis, contudo requerem mais alguma paciência para os domesticar.

------------------------------------------------------------------
Esquilos Coreanos

O nome científico do esquilo Coreano é de Eutamias sibiricus e o seu nome comum é de esquio riscados. São roedores que se tornaram animais de estimação populares à pouco tempo, daí os seus preços serem tão elevados. Se os compararmos com outros roedores, os esquilos Coreanos têm a cabeça de forma afiada e as orelhas pequenas. Os exemplares adultos medem entre 14 a 19 centímetros e o seu peso oscila entre os 100 e os 125 gramas.
A sua cor pode ir desde do castanho claro até ao avermelhado e o seu pêlo é suave e curto. O seu nome “esquilo riscado” deve-se ao facto de desde do seu focinho até à cauda ter 5 riscos pretos e entre elas dois riscos de cor creme, mais dois de cor castanhos. Foi comprovado que as fêmeas desta espécie vivem pouco mais do que os machos e que a sua esperança média de vida supera o dos outros roedores.
Esquilos Coreanos
Os machos vivem entre 3 a 5 anos enquanto as fêmeas vivem entre 4 a 9 anos. Geralmente é um animal que se move no chão, mas também é capaz de subir as árvores para procurar alimentos. A sua alimentação em liberdade se baseia principalmente em sementes e frutos, pelo que se tiver em cativeiro, deveremos disponibilizar esta comida. O mais recomendável é adquirir comida preparada para hamsters e ratos.

-------------------------------------------------------------
Esquilos Voadores

Trata-se de um esquilo relativamente pequeno, medindo cerca de 14 centímetros e de cor café. Os seus olhos são grandes e escuros e a sua cauda tem forma de pena que o ajuda na altura de voar. Os esquilos são semi-carnívoros. Alimentam-se de insectos e larvas, mas a base da sua dieta está na fruta e nas nozes.
Como são animais nocturnos, é recomendável colocares a sua comida quando for de noite. O cálcico é muito importante para eles devido aos seus ossos serem muito leves, para poderem voar. Isto é importante pois ele é activo mais à noite, pelo que não ficam tão expostos à luz solar, factor importante para que o corpo gere as substâncias necessárias para absorver melhor o cálcio.
Esquilos voadoresEsquilos voadores
Os esquilos voadores bem cuidados podem chegar aos 15 anos de idade. Pondo de parte a deficiência ao nível de cálcio, são poucas as doenças que eles podem contrair. Eles nunca têm raiva.




Nenhum comentário:

Postar um comentário